Seguidores

terça-feira, 21 de novembro de 2017

CHEGA DE PRECONCEITO E DE RACISMO- CONSCIÊNCIA NEGRA TODOS OS DIAS!



O dia da consciência negra, se comemora no dia 20 de novembro. Mesmo a data já tenha sido comemorada, deixamos aqui a nossa homenagem e o nosso grito; CHEGA DE PRECONCEITO E DE RACISMO! Todo dia é dia da consciência negra.



Profº Eduardo Holing escreveu o seguinte sobre Consciência Negra
Num mundo de competição e individualismo, a diferença é motivo de discriminação dominação. Num mundo de solidariedade, a diferença é motivo de enriquecimento complementação. O caminho é distante? Quando sabemos a direção, basta caminhar. Dia da Consciência Negra, 20 de novembro, não vamos perder a oportunidade de dar mais um passo.



Consciência negra
Francisco Carneiro Barbosa


Chega de racismo
De história mal contada
Chega de hipocrisia
De mentira esfarrapada
Esse preconceito infeliz
Que por aí diz
Que negro não vale nada.



O negro também precisa
Ser privilegiado
Chega de arrogância
Branco tenha cuidado
Com o preconceito em alta
Pois quem muito se exalta
É sempre humilhado.


Preto, branco e mulato
Vamos nos unir
O preconceito é horrível
E não é para existir
Já que todos somos irmãos
Essa grande nação
Espalhada por aí.



A consciência negra
Quer exatamente
Provar que somos iguais
E não diferentes
São lutas populares
Como as de Zumbi dos Palmares
Que morreu pela sua gente.




É preciso desde já
Com amor todo gentil
Acabar com o preconceito
E ver em nosso Brasil
O negro sorrindo tanto
Como a Daiane dos Santos,
Pelé e Gilberto Gil.



Vozes
Angela Padilha

Quando virá a alforria?
Sinto ainda o chicote
Nas costas torturadas
Pelo desprezo, do nada,
Do que sou, do que fui,
De onde nem sei se vou... 


Quando virá o dia
Em que soltarão os grilhões,
Cicatrizarão as feridas
E terei amor pela vida
Que o futuro pode me proporcionar? 


Vozes na lembrança,
Choros incontidos,
Estalos cortando o ar e os feridos
A cantar...Sempre cantando suas dores,
Na maneira exata de dizer:
Sou gente!Independente de não querer...

Quando??? 



Poema Consciência Negra

“Sou a alma que ontem nasceu no mundo.
Sou filha da África,
Dos olhos de pérolas,
Do sorriso de marfim,
Dos sons dos atabaques em noite de luar,
Da roda de capoeira,
Do jongo ao maculelê.


Sou da raça que irradia perfume de alegria.
Sou semente da história humana,
De vida apesar de tanta dor.


Dos canaviais e senzalas,
Das mãos calejadas, exploradas e injustiçadas.


Podem tirar a minha vida,
Menos o direito de sonhar,
De ter esperança…
De lutar por dignidade e respeito,
Nem que seja em grito mudo,
Clamando por igualdade e justiça,
E de acreditar num amanhã melhor.”





10 comentários:

  1. No se celebra en esa fecha en España, pero da igual, estoy de acuerdo con todo lo que nos has contado. Todos merecemos el mismo respeto y todos tenemos la misma dignidad, ni el color, ni el credo no tiene que diferenciar.Un abrazo

    ResponderExcluir
  2. Pois é Elza a gente ainda vai ter que falar por muito tempo sobre estes preconceitos. Um país como o Brasil seria inadmissível saber de tantos preconceitos e mais saber da divida imensa para com um povo. A morte de Zumbi em Palmares na data que hoje se celebra como Consciência e para muitos é mais um feriado. Como Mandela disse, que ninguém nasce discriminando ninguém pela cor, raça e credo e que tudo isto é ensinado, a gente fica em reflexão de como esta coisa ainda pode existir, se as escolas buscam tanto quebrar este vergonhoso comportamento, onde é que esta coisa vai crescendo nas pessoas? Cada vez que vejo os números de oportunidades e comparações de funções na sociedade mais eu penso, que não terá fim, pois a coisa se mascara e escapa das leis existentes, como todas as leis do Brasil com suas saidinhas para o errado. Deveria ter todos os dias de Consciência não negra, mas de respeito ao outro como ser capaz que nunca fosse impedido pela cor, sexo, raça ou credo.Mas vamos batendo na tecla e torcer, que as novas gerações venham fazer a diferença e extirpar da sociedade todos os sentimentos de intolerância.
    Belo trabalho amiga nesta página que gosto e que serve como ponto de pesquisa, pelo cuidado com os assuntos abordados.
    Meu terno abraço Elza e prossiga nesta caminhada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você amigo. Muito obrigada por este comentário que engrandece a postagem. Abraços

      Excluir
  3. Bom dia. Não deveria, mas ainda existe racismo, sim. Tanta coisa no mundo para se preocuparem! Quando morrermos como todos tratados da mesma maneira. Adorei os poemas.

    Hoje: "" O coração não mente, mas sente""

    Bjos
    Feliz Quarta-Feira

    ResponderExcluir
  4. Elza é uma luta dia´ria, o conscientizar e o respeitar, o valorizar a cultura e a nossa história. Lindos poemas, trabalhei com minhas crianças fizemos acróstico, trabalhamos a lenda do Negrinho Pastoreio, originada da época da escravidão, e estamos sempre fazendo com que as crianças vejam todos de forma igual nas suas diferenças

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá paula! Seus trabalhos com as crianças merecem aplausos. obrigada, volte sempre. bjus

      Excluir
  5. Boa tarde, adorei todos os poemas e as lições neles contidas. Minha Chácara fica próximo a uma comunidade quilombola e eles são alegres, festivos, respeitosos e trabalhadores. Sofrem sim, pela falta de consciência do homem branco e, até mesmo, entre eles, tem os que rejeitam a própria cor. Infelizmente, apenas são vistos, lembrados e tratados como gente quando é época eleitoral, aí sim, eles tem valor. Quando fazemos festa da padroeira lá em casa, eles participam, se divertem e dançam um forró arretado, pois trazem no sangue a alma festiva.
    Beijos carinhosos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que Lúcia que gostou, seja sempre bem vinda! Abraços, fica na paz.

      Excluir