Seguidores

sábado, 2 de setembro de 2017

O QUE É UM ACRÓSTICO:

O que é um Acróstico:


      Acróstico é um substantivo masculino, que descreve uma composição literária normalmente poética em que as letras iniciais, do meio ou do fim formam nomes ou palavras em concreto.
Esta palavra tem origem no grego akrostichís, sendo que akro significa “extremo” e stikhis, que significa linha ou verso. Em inglês, acróstico é traduzido como acrostic.
No acróstico, a palavra formada pelas primeiras letras é lida na vertical. Muitas vezes a palavra formada verticalmente é um nome próprio ou pode também ser um aforismo, ou seja, uma máxima ou regra.
   Acróstico é um gênero de composição geralmente poética, que consiste em formar uma palavra vertical com as letras iniciais ou finais de cada verso gerando um nome próprio ou uma sequência significativa.
Os acrósticos já existiam na antiguidade com escritores gregos e latinos e na Idade Média com os monges. Foi um gênero muito utilizado no período barroco, durante os séculos XVI e XVII, e ainda hoje é muito utilizado por pessoas de várias faixas etárias, classes sociais e culturas diferentes.
Esta forma de expressão requer criatividade, pois está relacionada com o mundo da poesia.

Exemplos de acrósticos

Os acrósticos são frequentemente usados como forma de expressar o romantismo, como o seguinte exemplo de um acróstico de amor:

Algo maravilhoso aconteceu em mim quando
Meus olhos encontraram os seus pela primeira vez
O mundo ganhou uma nova cor e o meu coração foi
Renovado depois de uma eternidade de solidão.

Acróstico de nomes

São muito populares os acrósticos de nomes, que são dedicados a pessoas especiais, como a mãe, namorado ou amigo. Na maior parte destes casos, cada letra corresponde a um adjetivo que caracteriza a pessoa em questão, como é possível ver no exemplo feito com o nome "Pedro".

Paciente
Especial
Dinâmico
Risonho
Otimista


    Segundo a Enciclopédia Britânica, o acróstico é utilizado desde a antiguidade, inclusive nos livros bíblicos dos Provérbios e dos Salmos.
Em português o acróstico apareceu no Cancioneiro geral (século XVI) e chegou a ser feito por Camões, no soneto CCIX, cujo primeiro verso é “Vencido está de amor meu pensamento".
Há muitas variantes: o acróstico alfabético, em que se vai enfileirando o alfabeto verticalmente; o mesóstico, em que as letras da palavra-chave aparecem no meio da composição, no final de cada primeiro hemistíquio ou início do segundo; e outras modalidades ainda mais complicadas.
Fizeram-se acrósticos em prosa, com as letras do começo de cada parágrafo, e se chegou a verdadeira mania de acrósticos nos tempos do barroco.

Um trabalho de autor nacional sobre acrósticos, é o de Dorival Pedro Lavirod. De sua autoria é a fábula intitulada “O Sapo e a Borboleta”, cujos versos são os seguintes:


Sabia que sou mais bonita?
A borboleta disse ainda ao sapo:
Pobre batráquio asqueroso,
O que você é me causa nojo!
E o sapo, com toda calma do mundo,
Assim respondeu à borboleta:
Bonita é minha natureza anfíbia,
O que, também, me protege mais,
Rios e solo me dão guarida,
Brejos e até mesmo matagais!
O que você faz para se defender?
Livre, viajo sobre todos os animais!
E, num segundo, o sapo projetou
Tamanha língua no espaço,
Acabando, assim, com o embaraço!

     Os acrósticos podem ser simples, com frases, nomes ou palavras que não tenha ligação entre si, ou ainda poemas completos. Podem ser encarados como atividade lúdica, tornando-se um jogo muito interessante. Assim, uma das funções pode ser ressaltar as qualidades ou defeitos de alguém.
Pode-se dar evidência às letras em cada verso para evidenciar a quem são dedicados, ou ainda deixá-las sem evidência alguma, para torná-las secretas. Depende da intenção com que se fez o acróstico. Os acrósticos são ainda encontrados na Bília, principalmente nos Salmos, e em alguns poemas com o objetivo de revelar sua autoria.
Podemos dizer que o acróstico parece englobar três funções: 1) uma procura de virtuosidade própria dos poetas palacianos; 2) um carácter lúdico que designa todo um jogo de espírito sutil; 3) um certo gosto pelo secreto.
Exemplo:


Portugal, séc. XV, “meu pensamento”:

Vencido está de amor meu pensamento,
O mais que pode ser vencida a vida,
Sujeita a vos servire instituída,
Oferecendo tudo a vosso intento.
Contente deste bem, louva o momento
Ou hora em que se viu tão bem perdida;
Mil vezes desejando a tal ferida,
Otra vez renovar seu perdimento.
Com esta pretensão está segura
A causa que me guia nesta empresa.
Tão sobrenatural, honrosa e alta,
Jurando não seguir outra ventura,
Votando só para vós rara firmeza,
Ou ser no vosso amor achado em falta.

     Neste caso a frase é Vosso como cativo, mui alta senhora, e constitui um duplo acróstico, composição difícil, na qual a leitura de duas séries de letras separadas forma uma frase significativa. Mas se relermos o repertório das curiosidades poéticas deparamos com o pentacróstico aue repete cinco vezes a mesma palavra, em cinco partes verticais dos versos (v. Tratatus de Executoribus de Silvestre de Morais, Tome II, Lisboa, 1730, p. 11).
    O acróstico dissimula a palavra, que ele dá, escondendo-a; e requer do leitor uma certa esperteza para descobrir a sua subtileza. Relaciona-se com a adivinha e liga-se logicamente com ela pois existem enigmas em verso cujo nome figura em acróstico. Um autor pode assinar com um tipo de assinatura cifrada o seu próprio nome em acróstico.

    Acróstico é quando utilizam as letras de uma palavra para formar outras palavras ou uma frase correspondente. Por exemplo, utiliza-se o nome de uma pessoa para fazer um acróstico com adjetivos que expressem as qualidades dela.

Amiga
Linda
Inteligente
Nobre
Estudiosa

    No acróstico, a letra utilizada pode ser a letra inicial da palavra, como no exemplo acima, ou pode ser a última letra, a do meio, não importa muito a posição. Veja abaixo mais alguns exemplos.
      Não é só com palavras e adjetivos que os acrósticos são feitos. É muito comum também se utilizar de frases mais longas para escrever o acróstico. Fica mais elaborado, bem bonito e especial. A baixo mostramos o exemplo de uma poesia feita no formato de um acróstico pela poetisa paranaense Santher:


Magia
Amor
Encantamento

Exemplo usando a letra final:

DoM
AlmA
LevE


Acrósticos POESIAS
Vejamos o acróstico utilizado pela poetisa paranaense Santher:

Minha Razão de Viver

Felicidade maior que se 
Instalou em minha vida... 
Luz que ilumina e me mostra o 
Horizonte a seguir... Abrigo 
Onde repouso meus 
Sonhos, sem nunca pensar em desistir

 CHICA BRINCA DE POESIA?

 Esta linda poesia foi para nossa amiga Chica, postado por 
http://majoli-rabiscosdaalma.blogspot.com.br/2012/08/chica-brinca-de-poesia.html

Chica brinca de poesia?
Hesita não, faz com maestria
Inova a cada novo dia
Convidando-nos a sonhar
Acalentando nosso caminhar


Busca sempre imagens marcantes
Reflexões que são importantes
Induzindo-nos a renascer
Nos mostrando como é bom viver
Colocando em nossa alma
Algo que nos trás calma


De vez em quando faz estrepolia
E a gente ferra a rir, contagia


Por ser assim tão transparente
Os amigos sempre se fazem presente
Ela consegue prender nossa atenção
Sim, já de antemão, mexe com nossa emoção
Irradiando simpatia
A Chica é pura alegria


 Chica brinca de poesia?
 ♥ ♥ ♥

Odete Ferreira

Poesias na vida do dia-a-dia…
http://portate-mal.blogspot.com.br

P alavras soltas em brisa suave
O ndas de sentidos molhados
E ncantos em lagos espelhados
S entimentos desordenados
I nventados em almas acordadas
A madas palavras fazem poetas



 Acróstico Natureza

Fátima Ferreira
http://publicarteepoesia.blogspot.com.br
Nativos o mundo
Abraça pra cuidar da
Terra e plantar, com 
União a colheita 
Rural só traz lucros em 
Especial pra quem 
Zelar o que Deus criou pra então 
Alimentar e prosperar o seu produtor...


Dina  Fernandes O.Souza
dinapoetisadapaz
https://afetocolorido.blogspot.com.br/

onte que deveria ser de amor,
A nos unir em irmandade de sangue,
M ostrar a força da Unidade fraternal,
I  nteragir e acatar ensinamentos da retidão,
abor em conjunto, primícias de progresso,
I ndo ao encontro da conquista e vitória.
A ssim Deus nosso Pai, preconizou.

 Acróstico (Primavera)

Autora:By esiamari
http://esiamari.blogspot.com.br

                    E chegada a estação 
                    Salutar... muitas flores, futuros frutos, 
                    Tantos ipês que já floriram - um primor.
                    A mais simples árvore floresce,
                    Mostrando sua graça e cor;
                    Os beija-flores fazendo festa
                    Sob o sol e todo seu calor.

                    Neste período lindo do ano
                    A natureza brinda seu esplendor soberano.

                           Pretextos para largos sorrisos
                    Rondam aqui e acolá; vamos
                    Investir num plantio quando a chuva chegar.
                    Mesmo adiando o enlace,
                    As noivas de maio estão 
                    Velejando para cá;
                    Entre sonhos e desejos a realizar,
                    Resplandece o aroma das flores,
                    A beleza das cores em cada olhar.
 Pesquisa e organização da postagem, Profª Lourdes Duarte

Fontes:
https://www.significados.com.br/acrostico/
http://www.infoescola.com/literatura/acrostico/
http://www.fernandodannemann.recantodasletras.com.br
http://muraldosescritores.ning.com
http://www.fcsh.unl.pt/invest/edtl/verbetes/A/acrostico.htm
https://www.estudokids.com.br/o-que-e-um-acrostico/
http://portate-mal.blogspot.com.br/2011/04/acrostico-poesia.html



22 comentários:

  1. Gosto muito de acrósticos e gostei r3e rever o que a querida Majoli fez pra mim...Lindo! E assim o são todos que postaste! Beleza! Lindo fds! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada amiga pela visita, estamos felizes que gostou. Grata por seguir o blog, seja bem vinda! Abraços

      Excluir
  2. Adorei o posts,Elza.

    Acrósticos são maravilhosos de se ler e deu uma aula.

    O da Chica ficou excelente

    Beijos

    Done

    ResponderExcluir
  3. Olá Elza:
    fiquei encantada com seu post.
    aprendi então o que é um acróstico.
    quando era menina, na escola , gostava de pegar o nome de minhas amigas e fazer pequenos poemas.
    nossa, nem sabia que isso tinha um nome : Acróstico.
    que bom, hoje já aprendi mais uma coisa.
    grande abraço e um domingo muito abençoado !
    :o)

    ResponderExcluir
  4. Ótimo esse trabalho de pesquisa de vocês, Elza, aplausos sempre! Blogs assim deveriam ter aos montes, está aí a internet para os alunos, para as escolas. Tudo bem explicado, muitos exemplos. não tem como não entender.
    Beijo a vocês!

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Elza, que surpresa boa que me deixou orgulhosa em ver meu acróstico (Familia) incluído nas suas pesquisas. Obrigada por divulgar.
    Tenha um abençoado dia!

    Abraços de Paz!

    ResponderExcluir
  6. Belo post, belo blog, relevante espaço literário.

    Um abraço e uma boa semana.

    ResponderExcluir
  7. Elza!
    Lembrei da minha adolescência, onde escrevia acróstico para os familiares, amigos, conhecidos... tempo bom e expressivo.
    Desejo um mês repleto de realizações e uma semana de alegrias.
    “A sabedoria é um adorno na prosperidade e um refúgio na adversidade.” (Aristóteles)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom amiga! Como é bom aprendermos mais e lembrar do que aprendemos. Seja bem vinda. Bjuss

      Excluir
  8. Amada linda estou aqui para te agradecer sua visita! você sabe que amo tudo que você faz! fico muito feliz em vir aqui( quando dá pois trabalho) e aprender cada dia mais, eu aprendi hoje o que é um acróstico! maravilhosa semana para você amada, beijinhossssssss

    ResponderExcluir
  9. Excelente post, adorei todos os acrósticos.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
  10. Olá, Elza!
    É uma grande alegria encontrar um blog como este, com matéria sobre literatura, não apenas publicando poemas, entre outras matérias, mas se dedicando a ensinar a ler e a escrever textos literários. Uma maravilha, minha amiga Elza, tudo o que aqui encontrei. Vejo que não está tudo perdido, o que é muito bom.
    Desejo-te uma excelente semana.
    Um abraço.
    Pedro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom amigo! Estamos tentando oferecer o melhor para nossos visitantes e amigos seguidores. Seja sempre bem vindo!

      Excluir
  11. Quando era criança escrevia muitos :)

    r: Muito obrigada! Uma ótima semana*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja bem vinda Andreia! Obrigada pela visita, volte sempre. Abraços

      Excluir
  12. Olá Elza,tudo bem com você?
    Só agora fui no meu blog e vi teu comentário e fiquei muito feliz em ver um acróstico meu aqui,jamais esse que fiz com muito carinho pra nossa Chica querida.
    Amo acrósticos!!
    Gostei de vir aqui.
    Superlegal tudo.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Majoli! Feliz em tê-la aqui como seguidora, obrigada! Ficamos felizes que gostou da postagem, também somos fã da Chica. Abraços

      Excluir